Imprensa e a História ao vivo

Estamos vivendo um momento auspicioso para qualquer historiador que queira acompanhar de perto o comportamento de nossa imprensa diante da tentativa de um golpe de estado em um país vizinho.

Como já fizeram no Brasil em 1964 e em 1954, eles apoiam descaradamente os golpistas, basta que para isto percebam se tratar de um desejo do "grande irmão do norte".

Pra quem já conhece o "modus operandi" de nossa imprensa, nem mesmo as mentiras constituem surpresa.

Chavez, ou Maduro (identificados por alguns como Chaves e "Seu" Madruga), são os vilões da vez, assim como foi no passado Saddam Hussein. O motivo? Vejam o vídeo: Assassino Econômico - John Perkins - Vídeo assustador - Nossas vidas não valem nada diante do lucro para as empresas norte americanas.

Comentários