O Barroco no Brasil

São Pedro papa, da escola portuguesa mais erudita. Museu de Arte Sacra de São Paulo.

O Barroco no Brasil foi o estilo artístico dominante durante a maior parte do período colonial, encontrando um terreno receptivo para um rico florescimento. Fez sua aparição no país no início do século XVII, introduzido por missionários católicos, especialmentejesuítas, que para lá se dirigiram a fim de catequizar e aculturar os povos indígenas, no contexto da colonização portuguesa daquelas terras vastas e virgens, descobertas pelos europeus há meros cem anos. Ao longo do período colonial vigorou uma íntima associação entre a Igreja e o Estado, mas como na colônia não havia uma corte que servisse de mecenas, como as elites não se preocuparam em construir palácios ou patrocinar as artes profanas senão no fim do período, e como a religião exercia enorme influência no cotidiano de todos, deste conjunto de fatores deriva que a vasta maioria do legado barroco brasileiro esteja na arte sacra: estatuária, pintura e obra de talha para decoração de igrejas e conventos ou para culto privado.

A Glorificação dos Santos Franciscanos, na Igreja do Convento de Santo Antônio, João Pessoa, atribuída aJosé Joaquim da Rocha

A arte barroca como "contadora de histórias" e doutrinadora: Jesus institui a Eucaristia, de José Teófilo de Jesus

O hábito de inserir a pintura na talha é bem exemplificado no teto da Igreja de São Francisco, em Salvador

Um índio anônimo no século XVIIproduziu este Cristo açoitado, hoje noMuseu de Arte Sacra de Pernambuco, onde se percebe uma pletora de influências estilísticas exóticas.


Detalhe do retábulo-mor monumental da Basílica do Carmo, Recife

Frei Agostinho de Jesus: Nossa Senhora do Rosário, século XVII, barro. Acervo Artístico-Cultural dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo

Mestre Ataíde: Detalhe da Ascensão de Cristo, teto da Matriz de Santo Antônio em Santa Bárbara

Joaquim José da Natividade: A flagelação de Cristo

Cristo ressurrecto, escola baiana, século XVIII. Igreja de São Francisco, Salvador

Artesão anônimo de Olinda: São Miguel, obra do século XXI ainda fazendo amplo uso das referências barrocas

Santos na Basílica do Carmo, Recife

Rica talha e estatuária na Basílica do Carmo, em Recife

Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, Congonhas

Detalhe da Virgem entregando o Menino Jesus a Santo Antônio, de Mestre Ataíde, exemplo do lado doce do Barroco brasileiro

Representação cênica moderna da Via Crucis diante da Matriz de Pirenópolis, nos mesmos moldes da antiga prática teatral barroca ao ar livre.

Francisco da Silva Romão: Santa Cecília,Museu de Arte da Bahia

Nossa Senhora da Fé, sacristia da Catedral de Salvador
A herança cênica do barroco perdura até os dias de hoje em expressões populares sincréticas de longa e rica tradição que sobrevivem em diversos pontos do país, como as ladainhas, os congados, os ternos de Reis, e mesmo é visível no moderno carnaval, uma festa associada ao calendário religioso e uma das expressões populares contemporâneas que atualizam a cenografia luxuriante do auge do teatro e das festas barrocas.
Bloco de maracatu em Olinda
http://pt.wikipedia.org/wiki/Barroco_no_Brasil

Veja também:

A Arte de Aleijadinho - Barroco brasileiro

Comentários

Postagens mais visitadas