Racha na copa do mundo - Seleções protestam e fundam nova entidade











Finalmente esta copa está mostrando a que realmente veio. A discriminação será a herança deixada.

Espanha e Inglaterra estão liderando o movimento "Não Vai Ter Copa", ao qual aderiram depois de perceberem a discriminação das ex-colônias durante a copa do mundo.

Planejam se desfiliar da FIFA, acusada de favorecer certos países, e funda o MSC - Movimento dos Sem Copa.

Já convidaram Austrália e Camarões, representantes de ex-colônias não rebeldes e Grécia, devido o seu passado glorioso.

Aguardam ansiosamente a adesão de Portugal, mas acham que Cristiano Ronaldo pode liderar um movimento de reação dentro da seleção portuguesa, por ser francamente contra o movimento.

A próxima ação do grupo deve ser declarar como excluídos definitivamente do grupo as seleções de Brasil e Argentina, por serem muito rebeldes e teimarem em continuar o torneio brasileiro.

Bandeira do movimento
Outros, que apesar do passado memorável de colonizadores, mostram-se rebeldes são Itália, Holanda e Alemanha, tendo, inclusive traído seus ex-colegas já durante a copa.
No Brasil, partidos de oposição e empresas de mídia se mostram simpáticos ao movimento, esperando, estas últimas, somente cumprirem seus compromissos contratuais com os patrocinadores para aderirem definitivamente ao MSC. Insistem somente pela mudança do nome, pois dizem que lembra o nome de um outro grupo ao qual não querem ver seus nomes associados.

A sugestão, por enquanto, é manter o a sigla MNVTC no B (calma! Não é o quê você pensou) - Movimento Não Vai Ter Copa no Brasil.

Outra exigência dos membros brasileiros é que o grito de fúria da torcida no jogo de São Paulo seja oficializado como hino do movimento.

A qualquer momento traremos mais notícias.

Atenção: chega notícia urgente informando que EUA, apesar de ainda estar relutante em aderir ao movimento, já vetou a participação do Irã, mesmo que este último insista em se juntar ao grupo. 

Notícia de última hora: Balotelli promete ajudar a Inglaterra a permanecer na copa e exige beijo da rainha como recompensa. Diante disto, os ingleses prometem esperar até esta sexta feira à noite para tomar sua decisão definitiva.

Atenção para rede nacional, agora: A Inglaterra anunciou que se une ao MNVTC no B e Itália reclama contra ex-colônia da Espanha que se rebelou: Costa Rica, não respeitando as tradições, deu uma surra na toda poderosa "Bota". Chiellini está até agora procurando o ar que perdeu durante o jogo e Balotelli lamentado que vai perder o beijo de Elizabeth II.

Leia o complemento em: Atualizações do MNVTC no B - O movimento que vai abalar a copa



==*==

No Forte Cultural:

Comentários