DF ganha 20 creches em tempo integral


Foto:Dênio Simões/GDF

Unidades atendem mais de 2,2 mil crianças. Meta do GDF é chegar a 112 em todo o Distrito Federal

BRASÍLIA (1º/7/14) – O Distrito Federal conta a partir desta esta terça-feira (1º) com 20 novos Centros de Educação da Primeira Infância (Cepi), mais conhecidos como creches. As instituições educacionais atendem, cada uma, 112 crianças de 4 meses a 5 anos, em horário integral – das 7h às 17h - e com cinco refeições diárias. Com as inaugurações de hoje serão atendidas 4.780 crianças em 28 creches públicas.
O governador Agnelo Queiroz fez a inauguração simbólica das unidades no Cepi Ipê-Rosa, na QN 508 de Samambaia. A solenidade contou também com a presença da primeira-dama, Ilza Queiroz, do ministro da Educação Henrique Paim, além de secretários de Estado, parlamentares distritais, lideranças regionais e sociais.

Além da Ipê-Rosa, Samambaia recebeu mais seis Cepis. Ceilândia e Recanto das Emas ganharam quatro unidades cada uma, Santa Maria, três, Planaltina ganhou duas, e Sobradinho, uma. Para essas realizações foi destinado um investimento de R$ 52.571.250,13, sendo R$ 23.497.842,33 do DF e 29.073.407,80 da União por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2). As obras começaram no ano passado e duraram nove meses.

Agnelo Queiroz destacou o compromisso de seu governo com a Educação e fez questão de ressaltar que outras creches serão inauguradas. "Temos um planejamento para chegar a 112 unidades de educação para a primeira infância e com isso gerar cerca de 20 mil vagas, garantindo o acesso de nossas crianças à educação", enfatizou o governador.

Aproveitando o momento de Copa do Mundo que envolve todo o Brasil, Agnelo traçou um paralelo importante ao destacar que a felicidade de inaugurar uma creche é comparável à de realizar um Mundial dessa magnitude. "Essa inauguração de hoje mostra que é possível fazer um grande evento e continuar realizando obras para o desenvolvimento social e humano de nossa região", garantiu.

Representando a presidente da República, Dilma Rousseff, o ministro da Educação, Henrique Paim, reconheceu que priorizar a educação infantil é de suma importância, uma vez que "é a raiz contra a desigualdade educacional no Brasil". Na opinião de Paim, oferecer vagas gratuitas em instituições de ensino primário aos mais pobres, "aumenta as possibilidades de no futuro, essas crianças terem as mesmas chances daqueles com melhores condições financeiras".

Para concorrer às vagas, os pais ou responsáveis devem fazer se inscrever diretamente nas secretarias da unidade escolhida, entre 9h e 17h, e apresentar CPF, RG, comprovante de residência e de renda (informar se a família é de baixa renda), certidão de nascimento da criança, laudo médico, risco nutricional e medida protetiva, se necessário, e informar se a mãe é trabalhadora. Todas essas informações são necessárias para verificar os critérios sociais em que a família se encontra.

ESTRUTURA – Cada Cepi ocupa área de 1,2 mil metros quadrados, com lactário, cozinha, sanitários adaptados, solário, área de alimentação e repouso, sala de leitura e de informática, anfiteatro, pátio coberto, brinquedoteca e playground.

(A.A./I.M.)

No Forte Cultural:

Comentários

Postagens mais visitadas