Programa de mobilidade internacional oferece bolsas de graduação em 21 países

EDUCAÇÃO

Intercâmbio

Entre os requisitos exigidos estão nota superior a 600 pontos no Enem e teste de proficiência no idioma da instituição de destino


Publicado: 28/08/2014 11:18
Itens relacionados

O programa de mobilidade internacional anunciou as novas chamadas para graduação-sanduíche. Ao todo, serão 21 países de destino: Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, China, Coréia do Sul, Espanha, EUA, Finlândia, França, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Polônia, Reino Unido e Suécia.
Para os editais números 180 a 204, o período de inscrições termina no dia 29 de agosto. Já para as chamadas de números 179 e 184 a 195, as inscrições seguem até 30 de setembro. Para realizar a inscrição é preciso acessar a página do programa pela internet. 

Para obter mais informações, inclusive candidatos com dificuldades no acesso ao formulário de inscrições podem entrar em contato com o MEC via protocolo Fale Conosco ou pelo telefone 0800 616161 opção 0 subopção 1.

Requisitos

Entre os requisitos obrigatórios para todas as chamadas estão obter nota global no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) igual ou superior a 600 pontos, em exames realizados a partir de 2009.

Os candidatos devem apresentar teste de proficiência no idioma aceito pela instituição de destino e ter integralizado no mínimo 20% e, no máximo, 90% do currículo previsto para o curso no momento do início da viagem de estudos. Além disso, é preciso que a inscrição seja homologada pela instituição de educação superior de origem (mérito acadêmico).

É necessário também cursar uma das áreas contempladas pelo programa, entre elas:
Engenharias e demais áreas tecnológicas;
Ciências Exatas e da Terra;
Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde;
Computação e Tecnologias da Informação;
Tecnologia Aeroespacial;
Fármacos;
Produção Agrícola Sustentável;
Petróleo, Gás e Carvão Mineral;
Energias Renováveis;
Tecnologia Mineral;
Biotecnologia

Aos alunos da área de saúde, é necessário verificar as exigências específicas de cada umas das chamadas.

Há países que aceitam alunos do ciclo básico e clínico, há chamadas que aceitarão somente alunos do ciclo básico e há países que não aceitarão alunos da área da saúde.

Benefícios

A bolsa concedida aos candidatos selecionados custeará a permanência do aluno pelo período estudo no país. Além da mensalidade na moeda local, são concedidos auxílio instalação, seguro-saúde (pago no país de destino), auxílio deslocamento para aquisição de passagens aéreas e auxílio material didático para compra de computador portátil ou tablet.

Fonte:

Comentários

Postagens mais visitadas