Comunica Diversidade anuncia propostas habilitadas

CULTURA

Seleção
Edital prevê 60 prêmios a jovens, entre 15 e 29 anos, que desenvolvam iniciativas de comunicação voltadas à cultura


Publicado: 03/12/2014 15h48Última modificação: 03/12/2014 15h48
Itens relacionados

A lista preliminar de propostas habilitadas e inabilitadas no edital Comunica Diversidade 2014: Edição Juventude foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (3).
O edital prevê 60 prêmios a jovens, entre 15 e 29 anos, que desenvolvam iniciativas de comunicação voltadas à cultura.

O prêmio é uma iniciativa do Ministério da Cultura (MinC), em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Fundação Universitária José Bonifácio (FUJB). O prazo para interposição de recursos é de cinco dias corridos a partir desta quarta-feira.

Serão 10 prêmios, com valor bruto de R$ 14 mil, a jovens entre 15 e 17 anos; 25, para quem tem entre 18 e 24 anos; e 25, entre 25 e 29 anos.

São consideradas ações de comunicação para a cultura atividades que articulem cultura e comunicação e outras áreas do conhecimento, realizadas sem financiamento direto e subordinação editorial a empresas de comunicação, e que agreguem e priorizem ações colaborativas e participativas, interatividade e atuação em rede na produção e difusão de conteúdos, preferencialmente em formato livre, por meio de diferentes suportes de mídia (áudio, imagem, texto, vídeo e multimídia).

Os projetos habilitados ao prêmio são inéditos e contemplaram ações voltadas a pelo menos um dos seguintes eixos: educar para comunicar; produção de conteúdos culturais; distribuição de conteúdos culturais; meios/infraestrutura para a comunicação; comunicação e protagonismo social; e comunicação e renda.

"O objetivo do Comunica Diversidade Edição Juventude é reconhecer, fomentar e incentivar ações de comunicação para a cultura, protagonizadas por jovens, que deem visibilidade a expressões da cultura brasileira", explica o secretário de Políticas Culturais do MinC, Américo Córdula.

"Outra meta é fomentar iniciativas que, por meio de processos de comunicação popular, ampliem o exercício dos direitos à liberdade de expressão cultural e à comunicação", finaliza.

Fonte:



Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative CommonsCC BY ND 3.0 Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas